Vida descartável: o absurdo dos tempos pós-modernos

bebeHoje li essa notícia no jornal e fiquei perplexa com a decadência  da vida humana. Como pode alguém descartar seu próprio filho numa lixeira de banheiro de avião?

O bebê venceu! Já é um pequeno grande herói. E eu lhe desejo a vitória da vida.

Bebê recém-nascido é encontrado em banheiro de avião nas Filipinas

Saudável, menino foi achado em cesto de lixo pelo pessoal da limpeza.
Ele foi levado às autoridades de Manila, que vão procurar os pais.

Da AFP

Um bebê recém-nascido foi achado neste domingo (12) em um cesto de lixo no banheiro de um avião que havia pousado no principal aeroporto das Filipinas.

A equipe de limpeza do avião chamou rapidamente os médicos do aeroporto de Manila.

O avião, da empresa Gulf Air, havia chegado de Bahrein e estava sendo preparado para outro voo, segundo autoridades do aeroporto.

O menino foi levado ao hospital. Ele está em boas condições de saúde e foi levado às autoridades.

Imagens feitas por fotógrafos do próprio aeroporto mostram o bebê enrolado em uma toalha e sendo examinado pelos médicos.

Os funcionários do aeroporto “batizaram” o bebê como Jorge Francis. As autoridades filipinas vão tentar localizar os pais.

*** Esses pais não merecem ter o filho de volta.

Notícia extraída daqui.

Bookmark and Share
Related Posts with Thumbnails

Tags: , , , , , , Esse texto foi postado em domingo, 12 de setembro de 2010 às 13:06 nas categorias Abandono, criança. Você pode seguir as respostas pelo RSS 2.0. Você pode deixar um comentário, ou trackback do teu próprio site.

13 Comentários para “Vida descartável: o absurdo dos tempos pós-modernos”

  1. Carola}¡{ escreveu:

    Que triste… espero q o menininho encontre amor e carinho.

  2. Elvira escreveu:

    Localizar os pais para quê ? Só se for para prender …

    Ainda bem que a criança passa bem.

    Elvira

  3. Beth Q. escreveu:

    É o horror estes novos tempos!
    Para mim isto deveria ser enquadrado como crime hediondo e prisão para uma mãe desnaturada como esta.
    Tadinho! Já vem ao mundo com um problema desses para administrar.
    um beijo carioca

  4. Albuq escreveu:

    fico chocada!

  5. Grace Olsson escreveu:

    A xcada dia que passa, eu fico perplexa com a capacidade que os er humano tem de fazer do próximo, um lixo

    Deus nos lvire, viu?

  6. celia escreveu:

    Realmente um absurdo!!! Como pode uma mae fazer isso com o próprio filho??? Nao da pra entender. Enquanto isso, tantas mulheres querendo engravidar e nao conseguem. Ironia do destino??? Boa semana. Bj

  7. luma rosa escreveu:

    Existem mães e mães!! Enquanto essa descarta o filho, muitas outras mulheres lutam para poderem ter um filho ou mesmo adotar. O instinto materno é forte!! Viu a criança que renasceu nos braços da mãe no outro dia?

    Boa semana! Beijus,

  8. georgia aegerter escreveu:

    Sonia, revoltante.

    bjao

  9. Elza do Blog do Beagle escreveu:

    Escrevia eu o comentario quando esbarrei nalguma tecla e ele sumiu!!! Recomeço: fácil ter sexo, engravidar, parir e jogar fora o fruto, não é??? Não há consequência para esse ato absurdo e inominável! Não posso dizer mais nada porque estou revoltada com essa noticia. Bjs. Sonia. Elza

  10. celia escreveu:

    Uma coisa dificil de entender com pode acontecer isso. Tanta gente desejando engravidar e outras fazem isso. Incrivel!!!!! Bjoka

  11. Ilaine escreveu:

    Amiga, quanto tempo!

    Eu também fiquei impressionada com esta notícia.
    Como uma mulher pode trazer 9 meses um bebê no ventre para depois jogá-lo fora.
    Não deu tempo de amá-la, será? Que triste. Mas que bom que o menino passa bem.

    Beijo, Sonia!
    Bom final de semana

  12. aninha pontes escreveu:

    Sonia querida:
    Muito mais triste ficamos, quando vemos um caso como este, e em contrapartida, uma cachorra que adota cinco gatinhos, e os amamenta, e lhes dá carinho e afeto.
    O que foi feito do caráter do ser humano?
    Uma total inversão de valores?
    O homem vira bicho, e o bicho se humaniza?
    Triste.
    Tudo bem com você minha querida?
    Um beijo

  13. J Araújo escreveu:

    Lá como cá, a vida humana cada vez vale menos minha querida.

    Infeleizmente, o ser humano parece um produto descartável.

    Uma pena!!

    seu blog é muito bonito.

    Bj

Deixe um comentário



XHTML: Você pode usar esses códigos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Pode demorar um pouco para mostrar o comentário. Não será preciso postar de novo.