Vinícius de Moraes – o poeta do amor

Faz 30 anos que ele partiu para a eternidade. Nas minhas lembranças de menina, vejo sempre Vinícius cantando ao lado de Toquinho ou Tom Jobim.
Uma outra doce lembrança é a série de poemas infantis que culminaram com os discos Arca de Noé 1 e 2. São poesias lindas que foram musicadas e interpretadas por diferentes artistas.
Quem não conhece o poema da ‘casa muito engraçada que não tinha teto, não tinha nada’.
O poetinha é eterno. Pena que bebia e fumava muito….

Bookmark and Share
Related Posts with Thumbnails

Tags: , , , Esse texto foi postado em sábado, 10 de julho de 2010 às 00:53 nas categorias Poesia, Vinícius de Moraes, amor, música. Você pode seguir as respostas pelo RSS 2.0. Você pode deixar um comentário, ou trackback do teu próprio site.

3 Comentários para “Vinícius de Moraes – o poeta do amor”

  1. Albuq escreveu:

    Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh postei um dia desses esse vídeo, é simplesmente lindo. É uma pena que tantos artístas como ele se entreguem aos vícios e partam tão cedo.
    bjs Sônia e parabéns pelos posts incríveis que cria.

  2. aninha pontes escreveu:

    Sonia querida:
    Você tem razão, é difícil desvencilhar a imagem de Vinicius, da de Toquinho, ou das peças musicais infantís.
    Grandes gênios fazem falta.
    Um beijo

  3. Meire escreveu:

    Sou uma das felizardas que teve oportunidade de assisitir a um show dele ao vivo.

    bjs

Deixe um comentário



XHTML: Você pode usar esses códigos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Pode demorar um pouco para mostrar o comentário. Não será preciso postar de novo.