2010 e a esperança…

Ouvi este poema do Mario Quintana hoje à noite na novela e me emocionei. É lindo demais
Quero compartilhá-lo com vocês.

Esperança

Mário Quintana


Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Vive uma louca chamada Esperança
E ela pensa que quando todas as sirenas
Todas as buzinas
Todos os reco-recos tocarem
Atira-se
E
— ó delicioso vôo!
Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada,
Outra vez criança…
E em torno dela indagará o povo:
— Como é teu nome, meninazinha de olhos verdes?
E ela lhes dirá
(É preciso dizer-lhes tudo de novo!)
Ela lhes dirá bem devagarinho, para que não esqueçam:
— O meu nome é ES-PE-RAN-ÇA…


Texto extraído do livro “
Nova Antologia Poética“, Editora Globo – São Paulo, 1998, pág. 118.

Imagem extraída daqui.

Bookmark and Share
Related Posts with Thumbnails

Esse texto foi postado em sábado, 26 de dezembro de 2009 às 22:28 nas categorias Ano Novo, Desejos, Mário Quintana, Poema, esperança. Você pode seguir as respostas pelo RSS 2.0. Você pode deixar um comentário, ou trackback do teu próprio site.

Um comentário para “2010 e a esperança…”

  1. Fernanda escreveu:

    Bom dia Sónia!
    Obrigada pelos seus votos de feliz Natal, lamento não ter vindo antes, mas realmente não consegui, a casa cheia de família, preparativos e tal…Mas espero que de facto o seu Natal tenha sido muito feliz!

    Quanto ao Ano Novo, estou a tempo, rssss…desejo, para si e sua família: saúde, paz e amor! Tudo o resto vem por acréscimo.

    Beijinhos.

    P.S. Lindo poema!

Deixe um comentário



XHTML: Você pode usar esses códigos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Pode demorar um pouco para mostrar o comentário. Não será preciso postar de novo.