A que ponto chegamos?


Saiu no jornal O Globo hoje:

Brutalidade

Polícia investiga abuso sexual contra menina de nove anos em Pernambuco

Publicada em 26/02/2009 às 11h52m

RECIFE – Um caso chocou os moradores do município de Alagoinha, no Agreste de Pernambuco, onde uma garota de apenas 9 anos está grávida de gêmeos. A polícia suspeita que o pai dos bebês seja o padrasto da vítima. De acordo com a polícia, a menina sofria abusos desde os 6 anos.

A gravidez foi descoberta depois que a criança se queixou de dores e foi levada pela mãe, na última quarta-feira, à Casa de Saúde São José, em Pesqueira. Quando chegou ao hospital, os médicos descobriram que a garota estava na 16ª semana de gestação.

De acordo com a polícia, a mãe não sabia dos abusos sofridos pela filha, que só teria contado sobre o caso depois da descoberta da gravidez. O padrasto da criança ainda não foi localizado pela polícia. Se confirmada a suspeita, ele pode responder na Justiça por estupro, pedofilia e aliciamento de menores.

Bookmark and Share
Related Posts with Thumbnails

Esse texto foi postado em sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009 às 10:58 nas categorias violência. Você pode seguir as respostas pelo RSS 2.0. Você pode deixar um comentário, ou trackback do teu próprio site.

5 Comentários para “A que ponto chegamos?”

  1. Cristiane A. Fetter escreveu:

    Chegamos ao ponto de viver em uma terra de terror e pavor, sem medidas.
    Que Deus nos ajude.
    bjks

  2. Cadinho RoCo escreveu:

    Difícil até comentar.
    Cadinho RoCo

  3. Celia escreveu:

    Que coisa mais absurda minha amiga? A que ponto chegamos…
    Obrigada pelo mimo. Já fiz minha licao de casa. rsrsrs
    Tenha um bom domingo. Bj

  4. Blog do Beagle escreveu:

    Essa noticia me deixou atônita e estática! Essa menina deverá perder o útero para ter estancada essa gestação, pois, o médico disse que o corpinho dela não conseguirá levar até o final a gravidez. Um absurdo! Bjkª. Elza

  5. Georgia escreveu:

    Será que essa mae nao sabia mesmo?

    Que tristeza;(

Deixe um comentário



XHTML: Você pode usar esses códigos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Pode demorar um pouco para mostrar o comentário. Não será preciso postar de novo.