Abandono -

Algo que muito me choca são as notícias recorrentes de crianças sendo abandonadas e descartadas como se fossem lixo. Algumas acabam morrendo por conta do tipo de crueldade que sofrem.
Um dia desses estava fazendo uma pesquisa em jornais pela internet e coloquei no google as palavras “criança abandonada” e o que era de se esperar foi compravado pelas notícias de diferentes jornais do país: de norte a sul, crianças são deixadas nos lugares mais estranhos…. e eu questiono: por que? Se existem tantas pessoas na fila de adoção, por que as mães que não podem ou não querem criar seus filhos, acabam optando por deixá-los desprotegidos, sacrificando-os ou até mesmo matando-os?

Eu mesma tenho uma prima que está na fila de espera há uns 2 anos, como eu fiquei, e até agora nada… E longe de pensar que ela está a espera de uma menina de olhos azuis e bebê pois não é este o perfil que ela deseja, pelo contrário, deseja uma menina sim por já ser mãe biológica de um menino e desejar muito ter uma filha, porém esta menina pode ter 3, 4, 5 anos…
O pior é que o abrigo está repleto de crianças nesta faixa etária, mas como disse no primeiro post da blogagem coletiva, alguns casos são complicadíssimos por que enquanto os pais biológicos não perderem o pátrio poder sobre aquela criança, a mesma fica presa aquele destino de viver no abrigo por muitos e muitos anos. E muitas vezes existem três, quatro irmãos e quando estes são criados juntos, seria total crueldade adotá-los separadamente. Conheço alguns poucos casos, onde este fato ocorreu, mas não é comum. Se não há vínculo entre os irmãos, a justiça tende a colocá-los separadamente para adoção, pois convenhamos, é muito mais difícil 3, 4 irmãos serem adotados juntos do que um ou dois juntos. Mas por outro lado, seria uma covardia separá-los se foram criados juntos.
É importante que as mulheres que não desejem ficar com seus filhos doem-nos legalmente para que estas crianças não sofram.

*** Dica de site sobre adoção muito bom: Quintal da Casa de Ana

Bookmark and Share
Related Posts with Thumbnails

Esse texto foi postado em terça-feira, 11 de novembro de 2008 às 23:40 nas categorias Blogagem Coletiva, adoção. Você pode seguir as respostas pelo RSS 2.0. Você pode deixar um comentário, ou trackback do teu próprio site.

5 Comentários para “Abandono -”

  1. Nina escreveu:

    Poxa, que pena aguardar tanto tempo.. mesmo não tendo exigências maiores.

    essa lentidao da justica irrita mesmo, viu??

    tomara que a menininha da vida dela esteja chegando e que encha a casa de mt amor :)

  2. clabrazil escreveu:

    Oi Sonia!

    Também participo da blogagem e achei seu ponto de vista muito legal. Até a cartilha da foto, nao conhecia.

    Talvez a falta de uma campanha adequada para esse grupo de mulheres falte. Na própria maternidade onde elas têm os filhos, talvez?

    Beijos,
    Clarisse

  3. Celia Rodrigues escreveu:

    Sônia, é louvável a atitude sua irmã em querer adotar uma criança já grande. A maioria não admite, pois essas crianças já chegam cheias de “maus costumes”, o que dificulta muito o processo educacional. Quanto ao abandono e maus-tratos da parte das mães, é algo realmente incompreensível para mim. Semana passada mesmo, saiu nos noticiários sobre a mãe que colocou a filha num saco plástico, bateu com a enxada em sua cabeça matando-a e enterrou-a no quintal. Uma recém-nascida! Deus me perdoe, mas eu desejei que essa mulher encontre, na cadeia, quem vingue sua filha.

  4. Aninha Pontes escreveu:

    Sonia, vemos atitudes dos animais muito mais bonitas que dos seres humanos.
    Os animais adotam outros, mesmo de espécies diferentes, enquanto vemos muitas mulheres jogando seus filhos em latas de lixo, sacos ou praças.
    A burocracia atrapalha muito.
    Ma amar uma criança é fácil e gostoso. Não importa que não haja vínculo de sangue.
    Um beijo

  5. Georgia escreveu:

    Sonia, ontem também postei a história de dois irmaos que foram aqui na Alemanha separados na hora da adocao e 20 anos depois se encontraram por acaso.

    Eu fico pasma como alguém tem coragem de colocar bebês em saco de lixo, na lixeira, jogar fora. É melhor deixá-lo no hospital, sei lá. vai entender esse mundo doido.

    Obrigada pela particpacao com mais um post.

    Recebi o email, obrigada

Deixe um comentário



XHTML: Você pode usar esses códigos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Pode demorar um pouco para mostrar o comentário. Não será preciso postar de novo.