Continuando a postagem de ontem


Ontem presenciei um diálogo muito ‘interessante’ entre duas meninas. Elas deviam ter em torno de 6, 7 anos. Vou chamar uma menina de Ana e a outra de Isabel. As duas estavam viajando no mesmo ônibus que eu.
Ana pega um suco de caixinha de dentro da merendeira, tira o plástico que envolve o canudinho e diz para Isabel:

- Isabel, joga fora para mim.

Isabel responde que não há lata de lixo por ali e Ana para minha surpresa diz: – Joga no chão mesmo, Isabel!!!”

Isabel meio chocada com a sugestão da amiga lhe responde: – Não posso, Ana. Por que você não coloca o lixinho no bolso de seu uniforme e depois você o joga no lugar correto?

- Isabel responde indignada: – ah, mas o meu bolso não é lixeira…..

Eu fiquei perplexa e como estava próxima às meninas senti-me na obrigação de interferir e disse para a menina a quem chamo de Ana: “sua amiguinha está correta. O chão do ônibus não é lata de lixo, portanto o melhor que você tem a fazer é guardar o lixo para jogá-lo no lugar apropriado…” As mães estavam sentadas no banco da frente e não sei como não olharam de cara feia para mim…

A menina olhou -me com olhar surpreso e meio chateada, e pareceu-me ter aceitado a sugestão de Isabel, depositando seu lixinho no bolso da blusa.

Gostaria de escrever sobre a reciclagem do lixo, mas o exemplo citado nos faz refletir sobre uma questão ainda mais abrangente: a grande maioria da população não foi educada a jogar o lixo onde tem de ser jogado!! As pessoas agridem a natureza atirando lixo por onde bem pensam. Pude perceber pelas duas meninas que uma (Isabel, meu nome fictício) possuía uma conscientização muito maior a respeito de educação ambiental do que a outra menina. O bolso dela não era lata de lixo, mas o chão do ônibus poderia ser, assim como jogar o lixo pela janela, como fazem muitos, teria sido a coisa mais normal para aquela menina.

Em outra situação hoje mesmo, estava caminhando pelo Centro do RJ para o meu trabalho e fiquei observando a Av. Presidente Vargas repleta de lixo….papéis de todos os tipos, embalagens diversas, propagandas… Olhei tudo aquilo com nojo e tristeza. Vi os bueiros cheios de lixo… E não é que os garis não varram as ruas. Eles varrem aquelas ruas do Centro VÁRIAS vezes por dia. Há muitos entregadores de papeizinhos de toda sorte e as pessoas em vez de os recusarem preferem aceitá-los e logo em seguida jogá-los ao chão………. Quanta agressão, gente. Gostaria de saber como andam as cidades de vocês com relação à limpeza urbana. Pois percebo que a cidade do Rio de Janeiro ainda está muito atrasada neste sentido, principalmente por parte dos moradores. Por outro lado, percebo que o sistema de reciclagem ainda é muito raro. Nos bairros da zona sul existe um sistema mais competente de coleta seletiva. Eu moro na zona norte e nesta região, a Comlurb reserva um dia para deixarmos os materiais recicláveis na calçada para os garis recolherem. Também existe um serviço gratuito que o morador pode utilizar caso precise jogar objetos maiores fora, como uma geladeira, poltrona, etc.
No prédio onde moro ainda não existe um sistema de reciclagem com containers específicos. Fica tudo a cargo do morador. Então o que faço é separar metais, plásticos, papéis, vidros e coloco-os separados. O que tenho observado é que antes mesmo dos garis passarem, muitos catadores carregam tudo para venderem o material reciclável. Bem, não deixa de ser útil, pois muitos vivem deste material que recolhem nas ruas.
O site da Comlurb é interessante, mas infelizmente na prática, o sistema não funciona em todos os bairros do Rio de Janeiro como é descrito no site.
A segunda foto foi extraída do site da Comlurb. Observem quanto tempo demora para cada tipo de material se decompor….
Já que em muitos lares ainda falta muita conscientização com relação à organização do lixo e reciclagem, considero o papel da escola e do educador como fundamental neste processo.

fonte primeira foto: google imagens

Bookmark and Share
Related Posts with Thumbnails

Esse texto foi postado em sexta-feira, 6 de junho de 2008 às 01:16 nas categorias Dia Mundial do Meio Ambiente, Educação Ambiental, Lixo, Reciclagem. Você pode seguir as respostas pelo RSS 2.0. Você pode deixar um comentário, ou trackback do teu próprio site.

2 Comentários para “Continuando a postagem de ontem”

  1. evipensieri escreveu:

    Oi Sonia.

    Uma vez eu estava passando de carro e já vi jogarem um coco verde pela janela.
    Além de porcaria é perigoso. Já pensou levar um coco na cabeça ?

    Não jogo lixo no chão de jeito nenhum…

    Bjs.
    Elvira

  2. Leonor Cordeiro escreveu:

    A Isabel representa a postura da maioria das pessoas. Ela já devia ter ouvido falar sobre meio ambiente, mas uma coisa é ouvir e outra é praticar …
    Bjs!

Deixe um comentário



XHTML: Você pode usar esses códigos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Pode demorar um pouco para mostrar o comentário. Não será preciso postar de novo.